ÚLTIMA HORA

CARIRI

POLICIAL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

sábado, 18 de novembro de 2017

Prefeito Adriano Wolff concede entrevista a TV Sol e fala sobre diversos assuntos

O prefeito de São Sebastião do Umbuzeiro, Adriano Wolff (DEM), concedeu entrevista nesta sexta-feira (17), ao Programa Por Dentro da Notícia da TV Sol de Patos, apresentado pelo jornalista Eudo Nicolau, no município de Patos. Adriano esteve acompanhado da primeira-dama, Melina Morena.

Vários temas foram abordados durante o programa, entre eles, crise financeira enfrentada pelos municípios, abastecimento d’água e a Festa do Padroeiro São Sebastião, realizada em janeiro.

Em relação à crise financeira nos municípios, Adriano Wolff falou das dificuldades que veem enfrentando devido a crise que assola o País, mas que com responsabilidade e contendo gastos, veem mantendo o pagamento dos servidores municipais em dias no município.

Adriano também falou sobre a crise hídrica que o município enfrenta, e que a prefeitura tem adotado todas as medidas necessárias para amenizar os efeitos da falta de água, como perfuração e instalação de poços, contratação de carros pipas, e buscado junto ao Governo do Estado, a liberação para captação de água no leito do Rio Paraíba em Monteiro, sendo transportada para o município através de carros pipas.

O prefeito falou sobre a Festa do Padroeiro São Sebastião, e confirmou a realização do tradicional evento, que atrai turistas de toda Paraíba, e estados vizinhos, gerando emprego e renda para os munícipes de São Sebastião do Umbuzeiro.

Adriano revelou ainda que o lançamento oficial da programação ocorrerá durante um evento que ocorrerá no início de dezembro, e mesmo com a crise, o prefeito disse que a festa de janeiro em 2018 virá com várias novidades.

Adriano afirmou que o município estará recebendo algumas emendas parlamentares, empenhadas pelo deputado federal Efraim Filho (DEM), como R$ 190 mil para compra de uma van, R$ 170 mil para uma ambulância, e R$ 125 mil para construção de uma academia da saúde. Ele ainda afirmou que existe uma emenda do deputado estadual Adriano Galdino (PSB), para aquisição de um veículo para educação.

Você pode assistir a íntegra da entrevista logo abaixo: 

CARIRI DA GENTE

Caminhão de empresário monteirense é recuperado com carga de botijões de gás

A Polícia Civil de Pernambuco abordou uma quadrilha que roubou um caminhão carregado com 500 botijões de gás pertencente ao empresário Manoel Martins, da cidade de Monteiro-PB. O fato aconteceu na noite desta quinta-feira (16), entre os municípios de Jataúba/PE e Congo/PB.

O motorista foi rendido e colocado pelos criminosos e no porta malas de um veículo do tipo Honda Civic, onde permaneceu por quase 6 horas, sendo deslocado por aproximadamente 10 km. Em seguida ele foi liberado.

Prefeitura de Boqueirão lidera gastos com combustíveis no Cariri

A Prefeitura de Boqueirão, a 146 quilômetros de João Pessoa, lidera o ranking de gastos de combustíveis na região do Cariri Oriental, que reúne 12 cidades, com R$ 1,03 milhão. Os dados, disponibilizados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), revelam também que o município ocupa a 10ª posição em gastos com o produto em todo o estado.

Na segunda colocação do ranking, aparece a cidade de Caraúbas com R$ 679,4 mil, seguida de São João do Cariri, com R$ 439,3 mil e Alcantil, com R$ 410,6 mil.

Por outro lado, São Domingos do Cariri e Cabaceiras, aparecem no ranking com os menores gastos na região, R$ 206,5 mil e R$ 222,2 mil, respectivamente.

O valor pago pela prefeitura de Boqueirão daria para abastecer, por exemplo, 5.572 tanques de 50 litros, levando em consideração o litro da gasolina sendo vendido a R$ 3,60. O total de gasolina adquirida daria para realizar 165 viagens, em linha reta, de João Pessoa a Tóquio, no Japão. O consumo médio considerado, nesse caso, foi de 10 quilômetros por litro. Os dados estão atualizados até o mês de agosto.Foto: Reprodução / TCE-PB

Aumento na folha de servidores

Apesar da crise financeira que atinge os municípios brasileiros, a prefeitura elevou o número de prestadores de serviço e cargos comissionados, entre os meses de janeiro e setembro deste ano. Segundo o TCE-PB, em janeiro a folha de pessoal possuía 56 comissionados e 242 prestadores de serviço. O número de efetivos nesse mês era 485 servidores.

Já em setembro – último mês em que os dados estão atualizados pela Corte de Contas – o quantitativo de prestadores de serviço pulou para 394 e o de cargos comissionados passou para 60. Nesse mês, o número de efetivos caiu e foi para 472.

Para se ter uma ideia de quanto essa alteração impactou na folha de pagamento, em janeiro os gastos com servidores comissionados eram R$ 75,9 mi, enquanto que os prestadores de serviço representavam R$ 381 mil aos cofres municipais. Em setembro, os comissionados e prestadores de serviço custavam R$ 82,8 mil e R$ 558 mil, respectivamente.

Golpe da Cartomante lesa vítimas em até R$ 80 mil na Paraíba

Quer saber o que o futuro lhe reserva? A pergunta é a porta de entrada para atuação de golpistas, que adquirem a confiança de suas vítimas para obter altos valores através do crime de estelionato.

Somente uma das vítimas constatadas em João Pessoa foi lesada em R$ 80 mil, mas o golpe da ‘Cartomante’ pode ter feito um número maior de vítimas na Paraíba.

De acordo com o delegado titular de Defraudações e Falsificações, Lucas Sá, as vítimas deste tipo de golpe geralmente são pessoas com alto poder aquisitivo que acabam entregando quantias consideráveis aos criminosos.

Os golpistas são pessoas que viajam o país à procura de vítimas, não possuindo endereço fixo e oferecendo serviços como ler cartas, prever o futuro e “ler a mão”.

“Ao passar informações que conferem com a vida das vítimas, a cartomante vai ganhando a confiança delas. E aí o golpe é aplicado”, explicou.

Para concretizar o golpe, os criminosos afirmam que a vítima possui “um trabalho” contra ela. Dessa forma tentam convencê-la de que precisa realizar um alto investimento, caso contrário, sua vida estará prejudicada.

“Neste tipo de golpe, a manipulação se dá através do convencimento espiritual, pois inventam que a pessoa tem um ‘trabalho’ contra ela, levando-a crer que se ela não fizer este investimento, ocorrerá um prejuízo muito grande. Assim que o golpista obtém o dinheiro ele simplesmente desaparece”, analisa.

Entre os casos investigados está o de uma cartomante que atuava em João Pessoa e conseguiu até mesmo se hospedar sem apresentar documentação alguma, além de possuir poucas informações que facilitassem a identificação.

“Qualquer tipo de contratação que exija um maior valor, a pessoa deve fazer um contrato de prestação de serviços e pedir pelo menos o nome deste suposto cartomante/cigano. Não apenas contra este golpe , mas em todas as negociações, principalmente quando envolvem valores consideráveis, a recomendação é pegar o recibo dos valores repassados e pegar a documentação da pessoa”, aconselha o delegado.

Juliana Cavalcanti – MaisPB

PARAÍBA

POLÍTICA

GERAL

 
Copyright © 2013 - 2016 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br