ÚLTIMA HORA

CARIRI

POLICIAL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Prefeita de Monteiro fala sobre ‘racha’ político com João Henrique

A prefeita de Monteiro, Anna Lorena (PSDB), falou pela primeira vez a imprensa, sobre o suposto rompimento político com o deputado estadual João Henrique (DEM). A gestora está em Brasília nesta semana apresentando projetos e se reunindo com representantes de ministérios em busca de recursos e melhorias para a cidade.

Anna Lorena nega que haja qualquer rompimento com o deputado. A prefeita disse que tem estilo próprio de governar “cada um tem seu estilo, a diferença de estilo pode ter levado a oposição a insinuar um rompimento que não houve”.

A prefeita tucana afirmou, inclusive, que votará em João Henrique no próximo ano, “seja para deputado estadual ou federal, o que ele decidir”. “Vou seguir a orientação política de João Henrique na sucessão estadual, aprendi com meu pai a ser correta e leal”, confirmou.

“Não sou marionete, tenho estilo próprio, entretanto, pertenço a um grupo e sou parceira”, reafirmou. “A minha gestão está focada no trabalho, muito trabalho e está sendo exitosa.  “Meu foco é trabalhar e retribuir a confiança que me foi dada pelo povo monteirense!

AMIGOS

Questionada sobre o rompimento do noivado com o filho do deputado João Henrique, Anna Lorena disse que não trata de assuntos pessoais e não mistura com a política. Apesar dessa fala da tucana, o Polêmica apurou que o seu noivado com Zé Silvestre foi rompido, mas os dois permanecem amigos.

Silvestre, filho do deputado democrata, mora em Juazeirinho e é o responsável pelas minas da família. A distância física teria atrapalhado o noivado.

Com Polêmica PB

Bandidos sequestram sulanqueiros e roubam picape e dinheiro no Cariri

Na tarde desta terça-feira (15), um grupo, composto por cerca de quatro homens, sequestraram três “sulanqueiros” das Boqueirão e Caturité, no Cariri paraibano, quando retornavam de Santa Cruz do Capibarib
e, onde realizam compras de roupas.

Segundo a polícia, os comerciantes foram interceptados no sítio “Curralinho”, em Caturité, na região de Boqueirão, no Cariri.

Quatro bandidos num veículo Corsa de cor preta e tomaram uma picape Strada de cor prata e levaram também os três comerciantes, duas senhoras de 68 e 72 anos e um home de 40, que estavam no carro.

De acordo com relatório policial, uma das vítimas fugiu e acionou a PM. As demais vítimas foram liberadas no sítio “Malhadinha”.

Os assaltantes fugiran com a picape e mais de R$ 3,3 mil em roupas.

com Blog do Renato Diniz

Após denúncias da oposição, prefeitura de Serra Branca emite nota

A gestão municipal de Serra Branca, no Cariri paraibano, emitiu uma nota de esclarecimento acerca de uma denúncia feita pela bancada de oposição do município. De acordo com a mesma, a Prefeitura Municipal teria realizado pagamento de médico para um pedreiro, porém, o pedreiro não havia recebido as quantias.

Segundo a Prefeitura, houve um equívoco na emissão das referidas notas fiscais envolvendo dois servidores de nomes parecidos, mas que não passou de um erro do setor. O Prefeito Souzinha revelou que estará chamando atenção dos funcionários para que não aconteçam mais erros como este.

Confira a nota na íntegra:

Nota de Esclarecimento

A Prefeitura Municipal de Serra Branca, vem prestar esclarecimentos a respeito da emissão de notas fiscais emitidas em favor do Sr. Edson Carvalho Freitas, conforme notas de empenho 556 (10/03/20107), 886 (10/04/2017) e 1352 (12/05/2017).

Ocorre que, quando da emissão das referidas notas fiscais pelo setor competente do Município, as mesmas foram emitidas indevidamente para o credor acima mencionado, onde nas quais deveriam constar o nome do seguinte credor: EDSON VICENTE DIAS CORREIA, profissional médico que prestou serviço nesse Município, conforme pode ser verificado nos prontuários médicos (fichas de atendimento e livro de ocorrência), os quais estão à disposição de qualquer cidadão no Hospital Geral do Município.

Esclarecemos ainda que, os pagamentos dos referidos empenhos foram efetuados a conta do profissional médico acima citado, conforme comprovantes de transferência bancária acostados aos empenhos.

Estamos, através de requerimento ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, providenciando a alteração do credor nos devidos empenhos para a correção da inconsistência no sistema SAGRES.

Diante do exposto, reassumimos nosso compromisso com o zêlo e a boa aplicação dos recursos públicos no nosso Município, e em havendo falhas na nossa gestão estaremos atentos para corrigi-las, pois nossos servidores são seres humanos e estão suscetíveis a erros.

A nossa gestão, até a presente data, além de pagar o funcionalismo em dia, já quitou folhas de pagamento e contribuições previdenciárias (INSS e IPSERB) da gestão anterior, e estão sendo negociados com o IPSERB o re-parcelamento de mais ou menos R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais) herdados de administrações passadas, além de outros débitos.

Por fim, estamos a disposição para quaisquer esclarecimentos, e continuamos trabalhando para o crescimento e desenvolvimento de Serra Branca, buscando recursos nas esferas estadual e Federal, pois este sim é o verdadeiro debate que Serra Branca precisa para voltar a crescer e proporcionar uma qualidade de vida melhor ao seu povo.

Serra Branca (PB), em 15 de Agosto de 2017.
Vicente Fialho de Souza Neto (Souzinha)

A DENÚNCIA

A bancada de oposição na Câmara de Serra Branca na sessão da última sexta-feira (11), que a Prefeitura Municipal estaria pagando a um pedreiro o salário de um médico, e ainda, que o pedreiro não estava recendo esses pagamentos.

De acordo com a denúncia, foram feitos três empenhos no valor de R$ 11.500,00, sendo que de acordo com Sagres do Tribunal de Contas da Paraíba – TCE/PB foram pagos dois: um no mês de Março e o outro em Abril, e o terceiro seria efetuado em Maio, a Edson Carvalho Freitas, serra-branqueses que residente no Sítio Sussuarana e atualmente trabalha com pedreiro no município de Sumé. O valor deveria ser pago a um médico que tem o mesmo nome, mas sobrenome e CPF diferentes. O pedreiro não recebeu nenhuma quantia, mas alguém que ele não sabe quem é, estava recebendo.

Transposição será interrompida na PB, mas Integração diz que não haverá prejuízos

O Ministério da Integração Nacional confirmou que só irá determinar uma eventual interrupção do fluxo da transposição para a Paraíba quando o açude Epitácio Pessoa, conhecido como Boqueirão, atingir níveis que garantam segurança hídrica para o abastecimento de Campina Grande e outros 19 municípios paraibanos.

Segundo a Integração Nacional, a interrupção está prevista, mas ainda não tem prazo definido, e não deverá causar prejuízos no abastecimento.

“O Ministério da Integração Nacional esclarece que a eventual interrupção do bombeamento do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco não causará qualquer prejuízo no abastecimento de água à população do estado da Paraíba. A interrupção já está prevista desde o início dessa fase de pré-operação – fase de testes e ajustes dos equipamentos hidromecânicos, sistemas elétricos e estruturas de engenharia que conduzem água. Ela só acontecerá em momento oportuno, quando o Açude Epitácio Pessoa estiver com volume suficiente para garantir segurança hídrica à população”, afirmou o ministério.

A discussão se une à polêmica formada após anúncio do governo do Estado de que o racionamento em Campina Grande vai acabar no dia 26 de agosto. A Câmara Municipal de Campina se posicionou contra e a Defensoria Pública do Estado informou que vai à Justiça para barrar essa decisão.

PARAÍBA

POLÍTICA

GERAL

 
Copyright © 2013 - 2016 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br