ÚLTIMA HORA

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Maranhão prega governo de coalizão e diz que Senado refletiu ‘sentimento dos brasileiros’

O senador José Maranhão (PMDB), fez uma avaliação da votação desta quinta-feira (12) no Senado que aprovou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Roussef (PT) e afastou a petista do cargo por 180 dias. Para ele, o resultado foi o esperado e reflete o “sentimento dos brasileiros”.

“O resultado correspondeu à expectativa do próprio Senado. Não há duvida que os senadores se posicionaram de forma realista e em sintonia com o sentimento do povo brasileiro”, analisou.

Para os próximos 180 dias em que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assume o comando da administração do país, o senador pregou por um governo de coalizão com harmonia entre os partidos de oposição em favor da resolução dos problemas econômicos e políticos do Brasil.

“Não sei se haverá mudança, mas o sentimento no Senado é que nesses 180 dias seja um tempo, embora curto, de resultados. Que o novo governo, mesmo interino, implemente as medidas necessárias sobre tudo na área econômica e política para trazer o sentimento de uma realidade nova que a população espera”, disse.

Maranhão afirmou que é natural que partidos de oposição como PSDB participem do governo de Temer, já que contribuíram para o afastamento de Dilma. “É natural que aqueles que trabalharam para que houvesse essa mudança participe do governo, não como uma recompensa, mas pela sintonia com o novo governo e para contribuir com soluções para o país”, declarou.

Ele ainda voltou a afirmar que não participará do governo peemedebista como especulado. “Eu não tenho pretensão de participar em nenhum ministério. Meu trabalho será muito mais importante no Senado. A melhor forma de contribuir é não ver uma oportunidade de uma ascensão de forma pessoal, nem de Maranhão, nem de nenhum do nosso grupo da Paraíba”, finalizou.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2018 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br