ÚLTIMA HORA

quinta-feira, 16 de junho de 2016

'Fraco de alma', 'sem moral': Ronaldo e Hervázio trocam acusações em entrevista

O vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho (PSDB), saiu em defesa do seu irmão, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), após ele ter sido acusado pelo líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Hervázio Bezerra (PSB), de tentar se aliar “até com o Satanás” para tentar derrotar o governador Ricardo Coutinho (PSB) nas eleições municipais deste ano.

Nesta quinta-feira (16), em entrevista à Rádio Arapuan FM, Ronaldinho pegou pegou pesado ao resposdem as críticas de Hervázio Bezerra. Segundo ele, o socialista é um 'oportunista nato', capaz de tudo para conquistar o que quer. O tucano afirmou que Hervázio teria, inclusive, esquecido a época em que militou no PSDB, optando por deixar o partido quando o senador Cássio e o ex-senador ex-senador Cícero Lucena não podiam lhe oferecer nada.

“Hervázio é um aliado de ocasião e está cumprindo as ordens do Governo de plantão e será um eterno suplente”, disse Ronaldinho.

“Ele não tem moral para falar em aliança. Hervázio é um oportunista, todo mundo sabe. É fraco de alma, é fraco de crenças”, complementou.

TRÉPLICA DE HERVÁZIO 

Após a fala de Ronaldino, Hervázio Bezerra entrou no programa e acusou Ronaldinho de não ter moral para falar dele. Segundo ele, o irmão de Cássio atingiu a sua honra, a dignidade e a moral.

Na resposta, o socialista também lembrou o episódio da convenção do PMDB no Clube Campestre, em Campina Grande, no ano de 1998, quando o ex-governador Ronaldo Cunha Lima, pai de Cássio e Ronaldinho, e o então governador José Maranhão, romperam politicamente.

“Eu não sou fraco, e para ter provar isso Ronaldinho quero te lembrar do incidente envolvendo seu pai, Ronaldo Cunha Lima no Campestre, em Campina. Eu fui um dos poucos que ficou ao lado dele, para lhe defender. Quando seu irmão [Cássio] foi candidato a governador e ninguém acreditava nele, eu estava nos semáforos fazendo campanha e quem age assim não pode ser oportunista ou fraco”, disse.

Hervázio também negou que teria traído Cícero Lucena ao sair do PSDB, se aliando ao governador Ricardo Coutinho (PSB). Ele lembrou que passou quase 20 anos no grupo do tucano. “Estive sempre na linha de frente, na linha tiro. Mas, nunca jurei amor e fidelidade a ninguém e o que eu que fiz fui lutar bravamente pelo grupo”, comentou.

DEBATE SOBRE CAMPINA

A troca de acusações entre os dois terminou com a propositura de um debate político, entre Ronaldinho e Hervázio, sobre quem fez mais por Campina Grande, o senador Cássio Cunha Lima ou o governador Ricardo Coutinho.

Confira o restante do diálogo entre os dois, que seguiu, sem a intermediação dos apresentadores, ao vivo na Arapuan FM.

Ronaldinho - “Eu acho que o povo da Paraíba quer. Temos a tranquilidade de por um fim nessa história, sepultemos essa história, tratemos você como líder do governo e eu como vice-prefeito de Campina, dos interesses maiores da população, quais sejam aqueles que nos interessam. A questão da água em Campina Grande, por exemplo, que falta o Governo Ricardo Coutinho tomar ações efetivas, mas não toma. A revitalização do açude de Bodocongó. Vamos nos unir em torno dessas questões e não fazer um debate menor”.

Hervázio - “Eu topo, fica a sugestão para a semana que vem e vamos fazer o grande debate. Agora, sem ataques à honra, sem ataque à dignidade e com firmeza de propósitos, querendo o bem da Paraíba”.

Ronaldinho - “Tá correto, mas tire Satanás da sua mente, tire Satanás do seu coração!”.

Hervázio - “Eu usei Satanás como força de expressão, como muita gente já usou, vocês já ouviram isso, mas longe de mim querer atingir a dignidade, a honra de quem quer que seja, pois, jamais o fiz em minha história”.

Ronaldinho - “Nos unamos em torno dos interesses maiores do Estado, Hervázio. Tenha certeza que quando nos encontrarmos ai no estúdio ou em qualquer foro, faremos um debate com altivez, com muita tranquilidade, digno daquela serenidade que sempre pautou as nossas relações no passado, não há porque não resgatar isso”.

Hervázio - “É isso que João Pessoa quer, que Campina quer e que a Paraíba quer.” 

Por Ângelo Medeiros - WSCOM

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2016 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br