ÚLTIMA HORA

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Por Zizo Mamede: Briga chapa branca - farsa 2016


BRIGA CHAPA BRANCA – FARSA DE 2016

Então está tudo combinado: Tem uma briga dentro da prefeitura de Serra Branca, de um lado o prefeito, do outro o vice-prefeito.

Tudo combinado: a briga, de dentro da prefeitura, também se instalou na Câmara Municipal, três vereadores governistas de um lado, outros três vereadores governistas do outro. Todos do mesmo lado da história.

Jogo combinado: para o povo dizem que há uma briga, mas o vice-prefeito mantém todas as indicações e contratos sem concurso e ninguém é demitido pelo prefeito. O vice-prefeito mantém também a indicação do advogado do IPSERB, mesmo brigado com o prefeito.

Está combinado: como briga de compadres, somem com quase 500 mil reais de materiais de construção e serviços na secretaria de serviços urbanos e nem o secretário da pasta diz onde está o material, nem o prefeito diz onde está o dinheiro.

Briga combinada: os vereadores que seguem o prefeito e os vereadores que seguem o vice-prefeito permanecem unidos para proteger o prefeito e o secretário de serviços urbanos das investigações na CPI das notas fiscais frias. 

Combinado, briga na brinca: o prefeito indica um candidato a prefeito, o vice-prefeito indica outro candidato a prefeito e os dois dizem que vão fazer mudanças na prefeitura de Serra Branca.

Trama combinada. Tudo se repete como em 1976, na briga de Luis Gonzaga de Holanda com Álvaro Gaudêncio. A dissidência era uma farsa que enganou muita gente.

Farsa combinada, como em 1988, quando Tião, o candidato de oposição, ganhou num dia e comemorou no outro na fazenda do adversário Álvaro Gaudêncio.

Teatro combinado: uma briga falsa como em 2012 entre Dudu Torreão, candidato a reeleição, contra Alda Dias, a candidata da terceira via. Confundiram o eleitorado e no dia seguinte já estavam juntos para combinar espaços e regalias no governo municipal. 

Cambalacho combinado: Tem uma briga, mas fica tudo do mesmo lado quando o assunto é obra inacabada, fraudes na saúde, inadimplência municipal, hospital sucateado, licitações viciadas, escolas reprovadas, ruas escuras-enlameadas-esburacadas, máquinas e carros destroçados, estradas destruídas.

Combinado entre eles e elas. Uma briga que não tem um parágrafo, sequer uma linha escrita sobre políticas públicas que interessem ao povo de Serra Branca.

Dudu e Joda. Cada um indica uma chapa. Cada um com o seu boneco. Jogo de chapas marcadas. – Só falta combinar com o povo de Serra Branca.

Por Zizo Mamede

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2018 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br