ÚLTIMA HORA

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Aesa registra chuvas em 70 cidades da Paraíba, durante fim de semana

Dos 223 municípios da Paraíba pelo menos 70 registraram chuvas durante o fim de semana na Paraíba. Os dados foram divulgados pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), que mostram que os maiores registros de chuvas ocorreram em cidades do Sertão do Estado. O maior volume ocorreu no município de Poço de José de Moura, no Sertão paraibano, que teve um volume de 55,8 mm de chuvas entre a sexta-feira (16) até 7h (horário local) desta segunda-feira (19).

Ainda segundo os dados da Aesa, a segunda cidade com mais chuvas no fim de semana foi Joca Claudino (52 mm), seguida de Triunfo (47,6 mm); Sousa (39,4 mm); Bernardino Batista (39 mm), todas localizadas no Sertão do Estado.

Segundo a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, a atuação de um vórtice ciclônico tem provocado o aumento da nebulosidade em todo o Nordeste. Esse sistema geralmente atua nesta época do ano, trazendo nuvens e chuvas pra região”, disse ela.

Na manhã desta segunda-feira, a Aesa confirmou a presença de muitas nuvens em todo o estado, associadas ao sistema e a previsão é de chuva a qualquer hora do dia. “A previsão é de que as chuvas continuem. O sistema ainda está atuando e para os próximos dias pode ocorrer chuvas isoladas, principalmente na região do Sertão da Paraíba.

Ainda segundo os dados da Aesa, da sexta-feira até a manhã desta segunda-feira, Campina Grande, no Agreste do estado recebeu um volume de 9,6 mm de chuvas. A capital João Pessoa registrou 36 mm. Já as cidades de Patos e Cajazeiras, no Sertão, tiveram índices de 3,6 mm e 5,1 mm respectivamente.

Cariri
Na região do Cariri paraíba, onde está a bacia hidrográfica que leva água para o açude Epitácio Pessoa, conhecido como Açude de Boqueirão, as chuvas registradas no fim de semana foram de intensidade fraca a moderada. Outro Velho registrou 1,5 mm de chuva no domingo (18).

Entretanto, Marle Bandeira destacou que elas são importantes para preparar o solo para escoar a água das chuvas mais fortes.

“Isso é muito bom porque já vai molhando a terra. Então as chuvas que virão já podem escorrer [para o açude] porque o solo já está com bastante água. Par ao escoamento da água, essas chuvas que antecedem o período chuvoso é bem-vinda”, explica ela.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2018 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br