ÚLTIMA HORA

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Grupo protesta contra liberdade de suspeito de atropelar e matar agente de trânsito na PB

Servidores de órgãos ligados à fiscalização de trânsito realizam protesto na manhã desta segunda-feira (23) por causa da morte do agente de trânsito Diogo Nascimento, atropelado enquanto comandava uma blitz da Operação Lei Seca na madrugada do sábado (21), no bairro do Bessa, em João Pessoa. A manifestação acontece em frente ao Detran-PB, em Mangabeira, órgão no qual a vítima trabalhava. O expediente fica suspenso durante todo o dia.

O grupo deve seguir no Detran-PB até o fim da manhã, quando partirá para a sede do Tribunal de Justiça da Paraíba. Além de colegas de Diogo, participam da mobilização profissionais da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) e do Departamento de Estradas e Rodagens (DER).

O motorista que atropelou o agente chegou a ter prisão decretada, mas um desembargador concedeu habeas corpus antes que a polícia localizasse o suspeito. Na decisão, o desembargador considerou que o motorista “é réu primário e tem bons antecedentes”, o que, na visão dele, torna a prisão “desnecessária”.

De acordo com o delegado Marcos Paulo, que cuida do caso, o suspeito deve ser indiciado por homicídio doloso (quando há intenção de matar). Para o policial, o motorista "quis passar por cima de Diogo, de acordo com provas e relatos colhidos até o momento".

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2018 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br