ÚLTIMA HORA

domingo, 5 de março de 2017

Chegada das águas do São Francisco à Monteiro pode atrasar

O secretário de Infraestrutura do Ministério da Integração Nacional, Antônio de Pádua, não garante que as águas do São Francisco chegarão à Paraíba na data prevista. Após o vazamento ocorrido no reservatório Barreiro, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco, será preciso realizar um novo estudo para atualizar o cronograma da transposição.

“Estamos fazendo o diagnóstico para que no prazo de 30 dias tenhamos o resultado do tipo de patologia que causou o vazamento, se foi erro de projeto ou execução. Nossa preocupação agora é com a segurança, por isso ainda estamos avaliando o possível atraso da chegada das na Paraíba. Em dois dias faremos um novo cronograma e nos posicionaremos com maior precisão”, disse Antônio de Pádua.

Ele destacou ainda que a barragem está em bom estado e garantiu que o Ministério da Integração Nacional irá inspecionar as demais barragens para que o problema não volte a ocorrer. “A barragem não teve sua estrutura comprometida. O barramento central não foi atingido, o problema foi pontual e já resolvido. Em dois dias voltaremos a colocar água devagar, enchendo aos poucos. Vale destacar que nós já fazemos o acompanhamento em todos os reservatórios e barragens, leituras diárias do comportamento dos reservatórios para evitar problemas”, disse.

As informações do secretário de Infraestrutura colocam em cheque o que afirmou ontem (03) o secretário de Estado dos Recursos Hídricos, João Azevêdo, em entrevista ao MaisPB, quando garantiu que o vazamento entre as estações de bombeamento EBV-5 e EBV-6 do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco não afetaria a Paraíba.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2016 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br