ÚLTIMA HORA

sexta-feira, 17 de março de 2017

TRE-PB julga improcedentes ações contra Cássio e Ricardo

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), em sessão realizada na tarde desta quinta-feira (16), julgou improcedente a ação do Ministério Público Eleitoral em desfavor do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB).

O gestor foi denunciado por suposta conduta vedada, quando, na eleição de 2014, a professora Gerente de Ensino da 13ª região (Princesa Isabel), Nininha Lucena, irmã do corregedor da Procuradoria de Justiça do Estado, Tião Lucena, teria coagido prestadores de serviços a apoiar a reeleição do governador com ameaças de perda de emprego.

O procurador Marcos Alexandre Bezerra Queiroga deu o parecer pela improcedência da ação; Ele foi seguido pelo relator do processo, o juiz Breno Wanderley, e os outros membros da corte.

Cássio Cunha Lima também foi absolvido da denúncia contra a mãe do ex-prefeito de Mamanguape, Fábio Fernandes, que estaria pedindo votos para o candidato tucano. Ele foi inocentado por unanimidade.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2016 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br