ÚLTIMA HORA

terça-feira, 11 de julho de 2017

EDITORIAL: Um País sem rumo e desmoralizado

A pergunta que todos os brasileiros fazem: onde iremos parar? 

Após as eleições de 2014, o Brasil se afundou numa crise política sem precedentes, decorrente também de uma grave crise econômica. Os maiores líderes políticos do País, que até então serviam de espelho para os seus seguidores, estão vendo suas imagens sendo desmascaradas e manchadas com escândalos envolvendo corrupção. 

Além de tudo mais, o País está desmoralizado por completo. No encontro do G-20 ocorrido na semana passada, o presidente Michel Temer passou ‘em branco’ por diversas vezes pelos demais líderes mundiais que participaram do encontro, e serviu apenas de 'chacota' nas redes sociais. Perdemos o respeito nacionalmente.

A desmoralização não para por aí, nesta quarta, uma sessão do Senado Federal precisou ser suspensa devido senadoras ocuparem a Mesa Diretora e se recusarem a deixar o presidente da Casa conduzir os trabalhos. As luzes do plenário foram apagadas, e os microfones desligados. As senadoras que ocuparam a Mesa protestavam contra a reforma trabalhista, que mesmo assim, acabou sendo aprovado após mais de seis horas de sessão suspensa. 

Do outro lado, a Câmara analisa uma denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República, que acusa o Presidente Michel Temer de corrupção passiva, que não estamos aqui fazendo nenhum julgamento ou tomando posição partidária, mais que qualquer cidadão de bem, sabe que a delação da JBS provou que o País está sendo comandado por uma organização criminosa que tem como chefe, o Presidente da República.

Em pouco menos de um mês, podemos ter um novo presidente, caso a Câmara aceite a denúncia contra Temer, que segue para o STF, sendo também aceita pelos Ministros, Temer é afastado e quem assume a presidência é Rodrigo Maia, presidente da Câmara, que também está na mira da justiça. 

O futuro do País está muito incerto! Em 2018, novas eleições ocorrerão, e as principais lideranças do País, citando-as como o ex-presidente Lula, o Senador Aécio Neves, por exemplo, estão desgastados com tantas acusações e escândalos de corrupção envolvendo seus nomes. Vale lembrar, que mesmo com várias acusações, Lula segue na frente em todas as pesquisas de intenções de votos. Aécio viu sua carreira política desmoronar em um dia, e o sonho de ser presidente do País voar para bem-longe. 

Assim como iniciamos, terminamos. Onde iremos parar?

CARIRI DA GENTE

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2018 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br