ÚLTIMA HORA

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Municípios paraibanos querem aporte financeiro do Governo para fechar o ano

Com o temor de chegar ao fim do ano sem dinheiro para quitar folha de pagamento, garantir o 13º salário e pagar fornecedores, os municípios paraibanos convocaram a bancada paraibana na próxima segunda-feira (23) para pedir o empenho dos parlamentares na busca de um aporte financeiro do governo federal para os municípios. De acordo com o presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), as prefeituras paraibanas precisam de algo em torno de R$ 200 milhões para garantir o pagamento das suas obrigações financeiras até o final do ano.

“Da forma como está, se o governo federal não se sensibilizar com os municípios e colocar esse aporte financeiro, os municípios não vão fechar suas contas”, disse Tota Guedes. O mesmo movimento, acrescenta, já ganhou corpo em outros estados do Nordeste e a própria Confederação Nacional dos Municípios (CNM) já protocolou pedido junto ao Palácio do Planalto. A meta para todo o Brasil é de R$ 4 bilhões.

Ainda segundo Tota, o mesmo pedido já foi feito em anos anteriores, justificado pela crise econômica, e teve a sensibilidade da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

O líder da bancada paraibana, deputado Wilson Filho (PTB), é o responsável pela articulação do encontro junto aos parlamentares. A reunião terá início às 9h, no auditório do Centro Cultural Ariano Suassuna do Tribunal de Contas do Estado (TCE), em João Pessoa.

“Precisamos fortalecer ainda mais o pedido e provar essa necessidade. Se todos os membros da bancada paraibana, cada um com sua força, entrar verdadeiramente na briga, tenho certeza que dará certo”, comentou o deputado.

O parlamentar disse que tem sido procurado por muitos prefeitos para relatar os problemas e contar a situação de escassez de recursos que estão enfrentando. Ele lembrou ainda que esse mês o quadro ficou ainda mais complicado após os descontos do parcelamento das dívidas dos municípios com a Previdência Social.

“O momento é de muito aperto e de dificuldades. Sabemos que a união dos prefeitos e dos deputados e senadores paraibanos pode contribuir e muito para levarmos a situação ao Governo Federal e conseguirmos alguma medida que ajude os nossos municípios. Sabemos que nesse fim de ano o problema se acentua ainda mais por conta do pagamento do 13° dos servidores. É preciso união para enfrentarmos juntos”, declarou.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2016 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br