ÚLTIMA HORA

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Aesa abre comportas do açude de Porções para recuperação do reservatório

A Agência Estadual de Gestão das Águas (Aesa) vai abrir nos próximos cinco dias as comportas do Açude Porções, em Monteiro, para reduzir o volume das águas com o intuito de realização da obra de recuperação do reservatório que recebe as águas do Rio São Francisco.

A decisão foi anunciada, na manhã desta quarta-feira (9), durante reunião entre membros do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e representantes da Aesa, na Capital.

Os procuradores de Justiça, Álvaro Gadelha e Francisco Sagres, solicitaram ao diretor-presidente da Aesa, João Fernandes, que atendesse ao pedido do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) para reduzir o nível de água do açude. A empresa que deveria está executando a obra de recuperação no reservatório desde o mês passado alegou que a redução era necessária para o início do serviço.

“Solicitamos a abertura das comportas e a Aesa acatou de pronto, não restando, agora, nenhum empecilho para a obra, que já tem, inclusive, recursos garantidos. Aliás, a recuperação já está sendo feita no Açude de Camalaú. A empresa pediu, com o aval do Dnocs, a redução do volume de Poções, que está em cerca de 2 milhões de metros cúbicos. Agora, vamos ficar atentos para cobrar o reinício e conclusão da obra”, afirmou Álvaro Gadelha.

Além dos procuradores de Justiça e do presidente da Aesa, participaram da reunião os diretores Administrativo, Joaci Mendes, e de Gestão da Aesa, Porfírio Loureiro.

No último mês de março, em reunião conduzida pelo MPF e MPPB, os órgãos de gestão deliberaram sobre a suspensão do bombeamento das águas para a realização de obras de recuperação nos reservatórios de Poções e Camalaú, que apresentavam riscos de rompimento, principalmente, por causa do rasgo feito para dar passagem às águas para o reservatório de Boqueirão, que estava entrado em colapso. O serviço foi iniciado em Camalaú e agora também deverá ser feito em Poções. Os dois açudes estão no caminho das águas do eixo leste da transposição.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2018 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br