ÚLTIMA HORA

terça-feira, 26 de março de 2019

Azevêdo assina ordem de serviço para 2ª etapa da adutora Translitorânea

O governador João Azevêdo assinou, nesta segunda-feira (25), na sede da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), a ordem de serviço para a construção da segunda etapa da Adutora Translitorânea, que visa ampliar o sistema de abastecimento d’água na Região Metropolitana de João Pessoa. A obra orçada em R$ 23 milhões – recursos oriundos de parceria entre o Governo do Estado e a Caixa Econômica Federal – vai beneficiar 1,9 milhão de habitantes de João Pessoa, Cabedelo, Conde, Alhandra, Bayeux e Santa Rita.
Na ocasião, o chefe do Executivo estadual também entregou o equipamento americano Jetscan, que será utilizado na manutenção da rede de esgoto, e um caminhão de alta sucção, destinado à limpeza de estações elevatórias e de poços de visitas com profundidade superior a quatro metros.
Prestigiaram a solenidade a vice-governadora Lígia Feliciano; os deputados estaduais Ricardo Barbosa, Branco Mendes, Buba Germano e João Gonçalves; o prefeito de Caaporã, Cristiano Monteiro (Kiko); além de auxiliares da gestão estadual.
Na oportunidade, João Azevêdo destacou que a obra é de extrema relevância para garantir a segurança hídrica da Região Metropolitana de João Pessoa pelos próximos 20 anos. “Com a construção da barragem de Cupissura, cujo projeto já está em sua reta final para envio à Caixa Econômica Federal para, em seguida, ser licitado, e a assinatura da ordem de serviço hoje, que fecha todo o sistema da Translitorânea, não teremos problemas no abastecimento da Região”, explicou.
Ele também ressaltou o grande programa desenvolvido pelo Governo do Estado na área de recursos hídricos. “O Estado tem a maioria de seus municípios situados na região do Semiárido e a questão da água é fundamental. Nós temos um grande programa na área – com 1.500 km de adutoras em execução, desses, 700 km já operando – e a continuidade de ação nesse segmento é essencial. Pensar dessa forma e executar obras como a adutora do Curimataú – que vai atender 15 municípios da Região, com investimentos de R$ 300 milhões para beneficiar 150 mil pessoas – demonstram que esse governo tem planejamento”, completou.
O secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, lembrou que a Estação de Tratamento de Água para receber as águas da adutora que virão da barragem de Cupissura já foi ampliada. “Essa é uma ação que assegura à população uma água de qualidade excelente. Nós estamos dando garantias de crescimento e desenvolvimento, possibilitando que indústrias possam se instalar na Região Metropolitana e a perspectiva é de assinarmos, ainda no primeiro semestre de 2019, a licitação e ordem de serviço para a barragem de Cupissura, resultando em um investimento total superior a R$ 100 milhões”, declarou.
O presidente da Cagepa, Marcos Vinícius, afirmou que a obra deverá ser concluída em 18 meses. “Com essa etapa, nós colocamos mais 600 l/s no sistema, o que eleva a capacidade de produção de água, observando o crescimento populacional da Grande João Pessoa até 2040; isso representa planejamento e o compromisso do Governo do Estado com a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico”, reforçou

O prefeito de Caaporã, Cristiano Monteiro (Kiko), agradeceu o investimento do Estado para o município e para o distrito de Cupissura. “O governador está beneficiando nossa população com esse empreendimento de suma importância. Eu agradeço a gestão por ter inserido Caaporã e o distrito de Cupissura nas ações do Governo”, acrescentou.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2019 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br