ÚLTIMA HORA

sexta-feira, 1 de março de 2019

Sumé intensifica campanha sobre importunação sexual contra as mulheres

A Secretaria de Assistência Social de Sumé está difundindo a campanha “Meu corpo não é sua folia”, lançada pelo Governo do Estado da Paraíba e organizada pela Rede Estadual de Atenção às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Sexual, voltada à prevenção e à denúncia de crimes de violência contra a mulher durante o Carnaval 2019.
A ação criada pela Rede Estadual de Atenção às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Sexual (Reamcav) está sendo difundida em Sumé pelo Departamento de Divisão de Proteção à Mulher e da Diversidade Humana e pelo Creas do município.
A campanha faz um alerta na prevenção e denúncia de crimes de importunação sexual e violência doméstica para que mulheres se sintam apoiadas e busquem a Polícia Civil para denunciar.
Nesta quinta-feira (28/02), ocorreu panfletagem e conversas com os alunos da Escola Cidadã Integral Professor José Gonçalves de Queiroz, durante o bloco de carnaval da Escola.
Desde o começo da semana, as equipes Creas e do Departamento de Divisão de Proteção à Mulher do município de Sumé tem percorrido escolas realizando palestras e entregando materiais difundindo a Lei n° 13.718/2018, que em seu artigo 215-A,tipifica como crime, atos libidinosos com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro.
Importunação sexual é crime e dá cadeia – O crime de importunação sexual (Lei 13.718/18) é caracterizado por “ato libidinoso na presença de alguém e sem seu consentimento”. O caso mais comum é o assédio sofrido por mulheres em transportes coletivos, como ônibus, trem ou metrô, ou em eventos de grande aglomeração popular. A lei prevê punição de um a cinco anos de prisão para os agressores e também pune quem divulgar cenas de estupro por qualquer meio, seja fotografia, vídeo ou outro tipo de registro audiovisual. Como a Lei Maria da Penha (N. 11.340/06), a Lei de Importunação sexual é mais um mecanismo de proteção às mulheres.

Para denunciar qualquer tipo de importunação sexual ligue 197 ou 190 (Violência Doméstica).

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2019 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br