ÚLTIMA HORA

terça-feira, 16 de julho de 2019

Mãe nega que tenha agredido e acorrentado filho no Cariri

A mãe do menino de sete anos internado no Hospital de Trauma de Campina Grande com lesão na cabeça e desnutrido negou em depoimento à Polícia Civil a prática de maus tratos contra o menor. A criança foi encontrada debilitada em casa, no município de Boqueirão, e levado à unidade hospitalar.
A delegada Diane Regina, a qual ouviu o depoimento da mãe do menino. A mulher disse que estava em casa no momento em que a equipe do Conselho Tutelar chegou ao imóvel e levou a criança para tratamento.
A delegada disse que a mulher foi posta em liberdade porque não havia mandado de prisão contra ela e não existia mais o flagrante.

Ela negou as acusações de agressão e de abandono do menino. A mãe justificou que os ferimentos no menino são de uma queda que ele teria sofrido no quintal da residência. Ela se colocou à disposição da Polícia Civil para prestar novos esclarecimentos, afirmando que não deixará o município de Boqueirão.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2019 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br