ÚLTIMA HORA

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Dois suspeitos de envolvimento em morte de agricultor são presos na Paraíba

Uma operação da Polícia Civil prendeu dois suspeitos de envolvimento na morte de um agricultor na cidade de Alagoa Grande, no Agreste da Paraíba. De acordo com o delegado Norival Portella, coordenador da ação, os suspeitos foram presos após mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça.

O primeiro suspeito, de 42 anos, foi preso na tarde da quarta-feira (4) na cidade de Sapé. Conforme o delegado, o homem foi preso em um galpão onde realiza desmanche de veículos. “Ele foi quem fez a receptação e desmanche da motocicleta roubada da vítima pelo outro suspeito no dia do crime”, explicou Norival Portella.

O segundo suspeito do crime foi preso na madrugada desta quinta-feira (5), na zona rural de Alagoa Grande. De acordo com o delegado, o homem de 38 anos foi quem matou o agricultor a pauladas e depois fugiu, roubando objetos e a moto da vítima.

“O segundo suspeito estava escondido na casa dos pais, na zona rural de Alagoa Grande. Pelas investigações, ele teria entrado na propriedade rural da vítima para roubar, mas acabou sendo pego em flagrante pelo agricultor. Foi quando ele matou a vítima a pauladas e fugiu com os pertences e a motocicleta da vítima”, relatou o delegado.

Conforme o delegado, a Operação ‘Thanatus’ foi deflagrada na tarde da quarta-feira (4), mas a polícia já investigava os suspeitos há cerca de quatro meses, através do Núcleo de Homicídios e do Grupo Tático Especial de Guarabira-PB (8°DSPC).

Suspeitos confessaram o crime
Os dois suspeitos confessaram o crime. Segundo o delegado Norival, o suspeito de matar agricultor alegou que teria tido um desentendimento com a vítima dias antes do crime. O homem também é suspeito de praticar vários roubos na zona rural de Alagoa Grande e da região.

Na manhã desta quinta-feira (5), o delegado informou que a dupla foi levada para a Central de Polícia Civil de Guarabira, onde permanece detida aguardando audiência de custódia.

Vítima foi morta a pauladas em abril
As investigações apontam que no dia 25 de abril deste ano, o suspeito teria matado a pauladas o agricultor Antonio de Souza Silva, de 50 anos, conhecido por “Tonho Novo", em seguida, ele teria roubado a moto e outros pertences da vítima.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2019 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br