ÚLTIMA HORA

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Ricardo Coutinho admite conversa com João Azevêdo

Em tom apaziguador, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), admitiu nesta quinta-feira (12), conversar com o governador João Azevêdo (PSB) para contornar a crise no PSB da Paraíba. Coutinho disse que tem obrigação de conversar com João, mas apontou que tem que ser chamado pelo mesmo.
“Eu tenho obrigação de dialogar, particularmente com o governador que pertence ao partido. Tenho obrigações institucionais em relação a isso. Agora, ninguém chama governador, as pessoas são chamadas pelo governador. Eu era um pouco diference, mas tenho que observar esse liturgia. Se for chamado pelo governador estarei disposto a dialogar sobre tudo”, disse.
O ex-governador comentou que mantém o respeito por João, e que o governador terá nele um ‘companheiro para ouvir’, mas com ‘coragem para dizer’. Ele também orientou o companheiro a ‘se vacinar contra aproveitadores’.
“Não há qualquer predisposição em relação ao governador. João ele é filiado ao partido, no dia que ele quiser conversar vai estar aqui uma pessoa, um companheiro com capacidade de ouvir mas também com coragem para dizer”, pontuou.
Ricardo ainda questionou os membros do partido que querem deixar a legenda: “qual é o motivo, o que mudou para alguém sair do partido? nada”.
A intenção, no comando do PSB, é retomar as diretrizes da legenda na Paraíba, disse o ex-governador.

“Quero apenas que a gente caminhe pelo caminho sonhado e reconhecido pela Paraíba, na política, no desenvolvimento, no investimento nas políticas públicas que criamos, apenas nisso”. declarou.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2019 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br