ÚLTIMA HORA

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Agricultor é apontado como principal suspeito de provocar incêndio em Monteiro, diz delegado

O delegado seccional da 14° DSPC de Monteiro, Dr. Cristiano Santana, deu detalhes na tarde desta terça-feira (17), sobre as investigações do incêndio que atingiu a região do Sítios Uruçu, Torre dos Tigre, Moconha, Pitombeira e Bom Nome, zona rural do município de Monteiro. O incêndio teve início na segunda-feira, dia 09 e só foi controlado na quinta-feira, dia 12.

De acordo com informações repassadas pelo delegado, a Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo Tático Especial- GTE, vinculado à 14 DSPC/Monteiro, tem continuidade às diligências relativas à apuração das causas do incêndio e procedeu à colheita de depoimentos, declarações e inclusive o interrogatório do agricultor de 54 anos apontado como principal suspeito de iniciar os focos que culminaram com um dos maiores incêndios registrados nos últimos anos, no Cariri.

“As diligências seguem seu curso, e estamos no aguardo do laudo pericial ambiental, o qual trará, de forma cabal, a causa/natureza do incêndio, e determinará o prosseguimento e conclusão dos trabalhos investigativos”, disse o delegado.

O incêndio atingiu uma área de aproximadamente 1500 hectares de terras, causando diversos prejuízos a natureza, aos agricultores e além de provocar a morte de vários animais.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho pejorativo, obsceno, racista e ofensivo. Comentários abusivos, odiosos ou difamadores de qualquer pessoa ou instituição serão igualmente desconsiderados.

 
Copyright © 2013 - 2019 Cariri da Gente
E-mail de contato: cariridagente@bol.com.br